É com satisfação que a FPH, IEB e CBH comunicam a homologação do intercâmbio de jovens cavaleiros de Enduro, através do projeto do Dr. Guilherme Santos conforme apresentado abaixo.

Solicitamos aos interessados que se comuniquem com Dr.Guilherme, lembrando que o projeto estará aberto para os YR de São Paulo e também de outros Estados.

OBJETIVO

Proporcionar experiência internacional entre jovens cavaleiros de diferentes países, com objetivo de motivar a prática do esporte e adquirir evolução técnica esportiva.

PARTICIPAÇÃO

Os interessados devem se inscrever numa clínica de avaliação para participar do processo, durante um final de semana estabelecido.

Jovens de até 20 anos poderão se inscrever e serão avaliados e preparados para participar de competições no momento, ou no futuro,  dependendo do seu nível atual.

Nenhum candidato será escalado sem a participação nesta clínica, exceto aqueles que já tenham participado do intercâmbio anteriormente.

COMPETIÇÃO

Um grupo de 1 a 4 candidatos será selecionado por prova a ser escolhida em comum acordo com os pais, e com o país estrangeiro definido. Este grupo viajará acompanhado de um chefe de equipe, e será recebido por um chefe de equipe correspondente no exterior, responsável pela seleção das  famílias que os acolherá, oferecendo os cavalos preparados para uma prova FEI nível CEI*, com todo o apoio e proteção.

No retorno, os jovens brasileiros, coordenados pelo chefe de equipe, se comprometem a receber os estrangeiros em idêntica condição, oferecendo um cavalo, apoio e proteção para um mesmo nível de competição.

INVESTIMENTOS

Cada participante ( família ) deverá assumir apenas os seus custos de viagem, e participar do rateio dos custos de viagem do chefe de equipe, cabendo às famílias anfitriãs todos os custos de preparação, inscrição e assistência dedicada antes, durante, e após a prova, até o momento do embarque para retorno aos seus países de origem, isto valendo sempre nos dois sentidos.

Situações particulares como compromissos escolares, distâncias etc, serão discutidos individualmente no momento da organização de cada intercambio, sem que qualquer dificuldade impeça a participação de qualquer candidato.